jusbrasil.com.br
16 de Outubro de 2018
    Adicione tópicos

    Mídias progressistas se unem para criar “Casa da Democracia” em Curitiba

    Justificando
    Publicado por Justificando
    há 6 meses

    Com o agravamento do cenário político brasileiro, bem como o protagonismo das instituições judiciais no Brasil, mídias independentes e sociedade civil se juntam para disputar a contra-narrativa política em 2018. A iniciativa pretende construir coletivamente a Casa da Democracia em Curitiba, para abrigar jornalistas e servir de suporte para movimentos sociais.

    Curitiba foi escolhida estrategicamente como local para ocupar o centro de mídia progressista em razão da sua importância no debate jurídico-político brasileiro. A supercompetência do juiz Sérgio Moro na operação Lava-Jato tornou a capital paranaense o principal núcleo de informações sobre os desdobramentos políticos do país.

    Diferentemente da mídia hegemônica, o jornalismo progressista tem encontrado dificuldade de financiamento e por consequência têm sido dificultado o acesso às fontes no sul do país.

    Com a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, todas as atenções se voltam mais uma vez para a capital, que já se prepara para receber intensa participação de movimentos populares críticos ao afastamento do candidato no processo político de 2018.

    Para colaborar com a iniciativa acesse a Vakinha

    A Casa da Democracia será um polo de intensas discussões sobre a liberdade de informação, regulação dos meios de comunicação, direitos humanos, o processo eleitoral do ano em curso e principalmente os desdobramentos da prisão de Lula. Esta seria a construção e aproximação de mídias progressistas e movimentos sociais no intuito de se fazer resistência como importantes agentes no resgate da democracia brasileira.

    Os recursos angariados na Vakinha serão investidos na locação do espaço, despesas fixas como água, luz, telefone, internet móvel e dedicada, alimentação, transporte, mobília, manutenção do espaço e equipamentos. Até o fechamento desta matéria já foram doados mais de 15 mil reais, quase cumprindo o total da primeira meta de 20 mil reais estipulada como o valor mínimo de viabilização do projeto.

    A organização da Casa da Democracia é uma iniciativa coletiva proposta por uma rede de mídias independentes nacionais e internacionais. Até o momento participam Mídia Ninja, Revista Fórum, Outras Palavras, Rede Livre, Instituto Mutirão e organizações internacionais como Emergentes, Media Red, Teleartes.

    INFORMAÇÕES:

    Para colaborar com a iniciativa acesse a Vakinha

    Meta: R$ 20.000,00

    Encerramento da Vakinha: 12/05/2018

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Sugestões de decoração para a "Casa da Democracia":

    1º. Contratem o Lula como decorador, afinal ele dava pitaco na decoração de um triplex e de um sítio que ele jura que não foram prometidos a ele.
    2º. Contatem a OAS e a Odebrecht, pois elas fazem reformas gratuitas e sem pedir nenhum favor em troca.
    3º. Coloque estátuas no Hall de Entrada ... sugiro de "símbolos da democracia" segundo a visão dos esquerdistas: Lênin, Stalin, Pol Pot, Mao Tse-Tung, Fidel Castro, Che Guevara, Maduro, Morales, Kim Jong-un ...
    4º. Por fim, mas não menos importante, não esqueçam de um enorme tapete vermelho com a foice e o martelo.

    De nada tá. continuar lendo